sábado, 22 de novembro de 2014

Novas traduções da Bíblia impactam 15 milhões de pessoas

Novas traduções da Bíblia impactam 15 milhões de pessoas

Estimativa integra o Relatório Mundial de Tradução de Escrituras, a partir de 18 novas traduções apresentadas em 2013. Ao todo, 2.551 línguas já contam com ao menos um trecho da Bíblia traduzido.
por Luciana Garbelini

Os esforços empreendidos pelas Sociedades Bíblicas Unidas (SBU) de tornar a Bíblia acessível a um número cada vez maior de pessoas podem ser medidos pelos resultados do Relatório Mundial de Tradução de Escrituras de 2013, que acaba de ser concluído.
A entidade, em parceria com outras organizações, contribuiu para a finalização da tradução do texto bíblico em 18 línguas, com potencial para impactar mais de 15 milhões de pessoas. Para dez línguas, foi a primeira tradução: sete passaram a contar com a Bíblia completa, outra com um Novo Testamento e as demais com partes do texto bíblico. As outras oito línguas receberam novas traduções ou revisões para ajudar a comunicar a Palavra de Deus de um modo que seja mais facilmente compreendida.
Esses dados, que confirmam as Escrituras Sagradas como o livro mais lido, traduzido e distribuído de todos os tempos, também justificam as celebrações que acontecerão no segundo domingo de dezembro – que este ano será no dia 14 –, quando se comemora o Dia da Bíblia. Igrejas de todo o Brasil são convidadas a promover manifestações que exaltem a Palavra de Deus, tendo como tema A Bíblia e a Família: Crianças e Idosos. Material de apoio e sugestões de como comemorar a data estão disponíveis no hot site www.diadabiblia.org.br.
O Relatório Mundial de Tradução de Escrituras, publicado pelas SBU, contempla o trabalho realizado pelas Sociedades Bíblicas de todos os países, bem como outras organizações dedicadas à tradução bíblica, em parceria com instituições missionárias e tradutores para produzir, a cada ano, Escrituras em idiomas de todos os continentes. Dessa forma, cumprem a missão de ampliar cada vez mais o acesso ao texto bíblico.
Entre as 18 línguas contempladas com novas traduções em 2013, estão a Toba, falada na Argentina por 25.000 pessoas, a Krio, com aproximadamente 495.000 falantes, em Serra Leoa, e a Mandinga, com 1.346.000, na Gâmbia. Todas elas receberam a Bíblia completa. Outros destaques ficam por conta da língua Mongol, falada por 6.500.000 chineses, que recebeu um Novo Testamento, e a Altai, falada na Rússia, por 75.000 pessoas, com o livro de Gênesis.
O relatório é feito a partir de informações coletadas pelo Museu da Bíblia da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Até 31 de dezembro de 2013, foram registradas publicações do texto bíblico em 2.551 línguas diferentes: 1.257 Novos Testamentos, 803 contendo partes da Bíblia e 491 Bíblias completas.
De acordo com o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB e responsável pela elaboração do documento, Erní Seibert, o número de Bíblias completas está crescendo e a tecnologia digital está ajudando a acelerar tanto a velocidade da tradução como o acesso às Escrituras. “Há, agora, mais de 500 línguas com a Bíblia completa e perto de 1.300 com o Novo Testamento. Mas as Escrituras ainda não estão traduzidas para mais de 4 mil línguas, o que significa que há muito trabalho a ser feito”, ele destaca.
O Relatório de Traduções de Escrituras detalha o acervo da Biblioteca da Bíblia, mantida em São Paulo pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Traduções que foram completadas, mas não enviadas para a biblioteca não aparecem nas informações do documento. A biblioteca contém traduções enviadas por Sociedades Bíblicas e outras agências bíblicas.
“Estamos felizes que a Biblioteca da Bíblia tenha recebido em 2013 novas traduções das Escrituras para dez línguas. Oramos para que estas publicações da Palavra de Deus tenham um impacto duradouro na vida das pessoas. Nossa missão é preservar um acervo o mais completo possível deste livro de grande importância para a humanidade porque ele tem o poder de transformar a vida das pessoas que com ele tomam contato”, afirma Seibert.

Gospel Prime

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos

Mais de 300 mil pessoas já implantaram biochips em seus corpos

O aparelho tem o tamanho de um grão de arroz e serve tanto para usos medicinais, quanto para segurança
por Leiliane Roberta Lopes

A medicina está prestes a iniciar a implantação de um biochip que será capaz de controlar diabetes, ser usado como método contraceptivo e ainda para fazer exames dando um diagnóstico preciso e rápido até mesmo para casos de câncer.
O biochip é um dispositivo eletrônico do tamanho de um grão de arroz chamado de “wearables” assim como acessórios tecnológicos de uso pessoal como os óculos, relógio e pulseiras fabricados por empresas como LG, Motorola e Samsung.
A diferença é que este pequeno dispositivo será implantado dentro do organismo humano. “Os biochips vão acelerar o diagnóstico das doenças, porque são ultrasensíveis. Isso vai permitir exames de análises clínicas mais rápidos e baratos”, diz Idagene Cestari, diretora de bioengenharia do Instituto do Coração (Incor) em entrevista à Veja.
Através dessa cápsula de vidro será possível, por exemplo, analisar substâncias como o sangue para identificar se a pessoa está ou não doente.
Em casos de diabetes o biochip poderá ser implantado para liberar a quantidade ideal de insulina. Casos de pressão alta também poderão ser acompanhados por este pequeno aparelho que promete revolucionar a medicina.
Idagene é uma entusiasta sobre o uso desse dispositivo. “Poderemos fazer uma medicina personalizada”, disse ele.
Uma startup ligada ao  Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)  já testou um biochip para evitar gravidez. Implantado sob a pele ou no abdômen da mulher ele libera diariamente uma pequena dose de hormônio contraceptivo. O aparelho pode ser usado por 16 anos, quando a mulher desejar ter filhos, através de um controle remoto o médico ou a paciente desativa o biochip e estará pronta para gerar.
No Brasil a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) na área de otorrinolaringologia tem testado o biochip para casos de surdez.
Implantado no ouvido dos pacientes surdos, ou no tronco cerebral, o biochip libera impulsos elétricos estimulando o nervo auditivo. Com esse procedimento espera-se que cérebro interprete a informação e restaure a capacidade do usuário reconhecer os sons, ainda que sejam “robóticos”.

Uso de biochips aumenta a cada dia

O uso do biochips pode parecer novidades, mas há cerca de 300 mil pessoas que já usam esses dispositivos no mundo todo. A Veriteq Corp, fabricante de biochips nos Estados Unidos, já tem aval da  Food and Drug Administration (FDA) e já comercializada três modelos de dispositivos.
No Brasil não há fabricantes desses dispositivos, mas alguns brasileiros já estão usando para abrir carros e conectar computadores como é o caso de Raphael Bastos, de 28 anos.
Morador de Belo Horizonte (MG) o jovem conseguiu implantar um biochip que lhe permite destravar computadores, passar por catracas, destrancar portas e ligar o carro apenas encostando a mão esquerda em um leitor.
Bastos conseguiu adquirir um biochip através da loja Dangerous Things, um site especializado em comercializar esses dispositivos. Com 99 dólares é possível comprar o aparelho e ainda seringas especiais e bisturis que devem ser usados para a implantação do produto.

Gospel Prime

Deputado missionário propõe lei contra a “marca da besta

Deputado missionário propõe lei contra a “marca da besta”

O PL 7561/2014 quer impedir que os brasileiros recebam chips na pele
por Leiliane Roberta Lopes

Deputado propõe lei contra a
O deputado federal José Olímpio (PP-SP) protocolou nesta semana um projeto de lei que tem como objetivo proibir o implante de chips e outros dispositivos eletrônicos em seres humanos no Brasil.
Na justificativa do PL 7561/2014, Olímpio, que é missionário da Igreja Mundial do Poder de Deus, cita a Bíblia e fala que quer proteger os cidadãos brasileiros da “satânica Nova Ordem Mundial”.
“Tendo em conta que o fim dos tempos se aproxima, é preciso que o Parlamento brasileiro se antecipe aos futuros acontecimentos e resguarde, desde logo, a liberdade constitucional de locomoção dos cidadãos.”, diz o deputado na justificativa do Projeto de Lei.
Ele também cita no livro de Apocalipse, capítulo 13, versículos 16 e 17, que diz: “16 – E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, 17 – Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.”
O projeto quer proibir a implantação de qualquer tipo de dispositivo que permita o rastreamento de pessoas e faz um alerta para alguns mecanismos considerados de segurança que tem essa finalidade.
“Infelizmente, de modo sorrateiro, já são conhecidos no Brasil diversas iniciativas de implantação de chips como ‘rastreadores pessoais’ que pretensamente simulam uma ferramenta de segurança na medida em que possibilitariam a rápida localização de pessoas que estivessem em poder de sequestradores. Entretanto, o povo brasileiro não se deve iludir com tais artifícios, que escondem uma verdade nua e cruel: há um grupo de pessoas que busca monitorar e rastrear cada passo de cada ser humano, a fim de que uma satânica Nova Ordem Mundial seja implantada.”
Depois que o PL é protocolado é necessário aguardar o despacho feito pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para ser remetido para as comissões permanentes da Casa e só depois de passar por elas é que será votado no plenário. Com informações Congresso em Foco
Gospel Prime

48% dos cristãos creem na volta de Jesus até 2050

48% dos cristãos creem na volta de Jesus até 2050

Evangélicos são religiosos que menos acreditam em vida extraterrestre
por Jarbas Aragão

48% dos cristãos creem na volta de Jesus até 205048% dos cristãos creem na volta de Jesus até 2050
Uma pesquisa do Instituto Pew Research de 2010, resgatada essa semana pelo site Christian Today, mostra que menos da metade dos cristãos norte-americanos (48%) acreditam que Cristo irá voltar até o ano de 2050. Dentre eles, 27% tem “certeza” disso, 20% afirma que “provavelmente” Ele voltará. Por outro lado, 38% acreditam que Cristo não volta dentro das próximas quatro décadas. Os demais não sabem ou não quiseram opinar.
A “segunda vinda” de Cristo sempre foi uma questão controversa dentro do cristianismo. Enquanto alguns grupos cristãos já fizeram e refizeram os cálculos tentando apontar a data desse evento, outros defendem que trata-se de uma alegoria e que não se trata de um evento literal.
O estudo do Instituto Pew  traz outras especificações que merecem ser consideradas.  Por exemplo, 58% dos evangélicos crêem na volta de Cristo até 2050 enquanto apenas 32%  dos católicos dizem crer nisso.
Outro relatório, do Instituto Rasmussen revelou que 64% dos adultos norte-americanos  (cristãos e não-cristãos) acreditam que Jesus Cristo realmente ressuscitou dos mortos, conforme descrito na Bíblia. Apenas 19 % rejeitou completamente essa crença fundamental do cristianismo.
O assunto volta à ordem do dia por conta do destaque dado a outra pesquisa. Realizada pela Universidade de Dayton, sob a coordenação do professor Joshua Ambrosius. O foco do novo estudo é a crença na vida extraterrestre.
Animados com o fato de a sonda Phylae ter conseguido aterrissar na superfície de um cometa, muito se falou neste mês sobre a possibilidade de sinais de vida extraterrestre. Ambrosius então compilou dados para ver como os diferentes grupos religiosos lidavam com essa expectativa.
Seu amplo estudo social analisou a opinião sobre a exploração do espaço entre católicos, evangélicos, judeus, seguidores de religiões orientais e pessoas sem religião.
No início deste mês, o material foi apresentado no encontro da Sociedade para o Estudo Científico da Religião. Os evangélicos, que são a maioria da população dos EUA, mostraram-se   menos conhecedores e interessados ​​na exploração do espaço. Por sua vez, judeus e adeptos de tradições orientais como hinduísmo e budismo mostraram-se os mais atentos ao assunto.
“Os evangélicos têm hesitado em reconhecer as descobertas da ciência moderna”, explica o professor Ambrosius. Para efeitos de contraste, analisou as demais crenças dos entrevistados evangélicos. Como ocorre normalmente, a fé cristã é questionada. Os cientistas têm dificuldades em entender como a maioria das pessoas acha mais provável que ocorra a volta de Jesus do que a descoberta de ETs.
O assunto é bastante polêmico. A maneira como a descoberta de vida em outros planetas afetaria as religiões parece estar na ordem do dia, sendo debatida extensivamente pela conceituada revista Scientific American em sua última edição. No início deste ano, o Vaticano organizou uma ampla conferência para debater vida fora da Terra.  Com informações de Huffington Post
Creditos
Gospel Prime
http://noticias.gospelprime.com.br/cristaos-creem-volta-jesus-2050/

Brinquedo é vendido com “imagem satânica”


Brinquedo é vendido com “imagem satânica”

evilstick2
Um brinquedo vendido nos Estados Unidos vem gerando muitas polêmicas. O “EvilStick” (Varinha do Mal) traz uma imagem macabra em seu interior: umacriança  que parece estar possuída por um demônio cortando o pulso com uma faca. A denúncia foi feita por Nicole Allen, residente de Dayton, Estado de Ohio. Poucos dias após ter comprado a varinha, sua filha de apenas dois anos retirou a cobertura metálica da parte traseira do produto. A queixa da mãe foi levada até o dono da loja, que se recusou a tirar o brinquedo das prateleiras, alegando que não vê problema nenhum e que nem todos os clientes concordam com ela.

compartilhe

Creditos:Gospel Hoje
http://gospelhoje.com.br/brinquedo-e-vendido-imagem-satanica/#.VHEzvDTF9bE

domingo, 16 de novembro de 2014

Missão Evangelística Educa Cristo 15.11.14

Glória a Deus e Super Paz de Cristo Jesus, ontem 15.11.14 estivemos no trabalho de Missões e Evangelismo : Agradeço ao Nick Center no setor 65, ao Mercado Sheknah  Rua 22 C próximo a Delegacia 54 DP, Irmã Luzinete Arts .






 Foi maravilhoso  o trabalho as pessoas com grande necessidade Espiritual da Palavra de Deus, fomos apenas com 60 lanches , que rapidamente acabou , mas isto não impediu de estarmos lá declarando a libertação e Salvação do Senhor JESUS doamos Roupas e brinquedos ungi ás crianças e oramos, pelo povo e 3 almas se renderam a JESUS.

















 Essa menininha é a Ana que com muita alegria vestiu a roupinha de doação e com alegria recebeu os brinquedos.


Precisamos de sua ajuda!

Doações de Roupas , Blusas de frio, cobertas, Refrigerantes  Paes, café , Brinquedos toda ajuda é bem vinda  Mauro Naasc Cel: Oi 9 6025-7490 Super Paz.










terça-feira, 11 de novembro de 2014

Prova de 1ª Série Mostra Imagem Pornografica, olha as bolotas do Chifrudo nas escolas.

Infelizmente pessoa  como esta está , chegando nas escolas e governos infiltrando suas mentalidades obscenas para as crianças, nos Igreja de JESUS temos que acordar , combater em oração e dar estruturas para nossos membros professores ser um agente de Deus para abençoar as Crianças e não trazer as bolotas de satanás em desenhos jogos para a Sala das Crianças nas Igrejas. Além dessa situação crianças são abusadas, sofrem assédio moral físico sexual são consagradas a demônio, e a Igreja e a Sala das Crianças que comida oferece para sua salvação e libertação, Por isto Ore consagre e pergunte a Deus como o Senhor que seja o culto hoje como Jesus quer operar  , a obra é d'Ele  então Jesus qual é o teu querer para hoje. Missão Crianças em Comunhão com Deus! Conta comigo JESUS, Super Paz.



 Secretaria de Educação de Curitiba confirmou que houve um descuido na escolha de uma imagem que ilustrou as provas da 1ª série do ensino fundamental da rede municipal da Curitiba e, em virtude do erro, a prova foi anulada e uma diretora foi exonerada esta semana. 

Numa leitura rápida, a imagem pode parecer inofensiva mas uma análise mais aprofundada é possível observar que ela não mostra apenas uma cena do cotidiano de uma fazenda norte-americana, onde o fazendeiro aparece alimentando suas galinhas. A ilustração mostra as aves com as cloacas 'violentadas', insinuando a atividade sexual entre o granjeiro e as galinhas, já que o órgão sexual do produtor rural figura em destaque embaixo das calças. 

De acordo com reportagem da Rádio Banda B, a diretora do Departamento de Ensino Fundamental, Nara Luz C. Salamunes, foi exonerada do cargo. O motivo do afastamento foi a inclusão da imagem obscena na prova da 1ª série, segundo matéria publicada no site do Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismmac). Mas esta versão foi contestada pela superintendente da secretaria de Educação.(Com informações da Rádio Banda B)